Blog feminino que criei para compartilhar experiências do meu dia a dia e temas que sejam interessantes. Neste espaço quero abordar temas como cabelos, unhas, moda, saúde, família, beleza,filhos, trabalho, dúvidas, comportamento e coisas que eu gosto e que esteja relacionado com o universo feminino. Aline Gayer.

8 de dezembro de 2011


Cuidados do Rosto


O corpo da mulher evolui naturalmente ao longo da vida, passando por várias etapas que têm uma influencia directa no corpo dando origem a transformações até ao nível da pele. A pele é um órgão vivo que separa o ambiente que nos rodeia e o corpo que reveste. O nosso equilíbrio físico e psíquico está espelhado na pele. O estado da pele (a nossa imagem) é muito importante e influencia muito a nossa relação com os outros.

Mas será que sabemos determinar, com clareza, exactamente qual é o nosso tipo de pele e que problemas específicos a nossa pele apresenta?

As peles mistas e oleosas apresentam uma produção excessiva de sebo, o que lhes confere brilho. Este excesso de sebo, quando é associado a um processo inflamatório, pode levar ao aparecimento de imperfeições cutâneas como comedões, pontos negros e borbulhas. A pele oleosa é mais resistente, envelhece e enruga mais tarde que as outras e tolera melhor as agressões externas. No entanto podem ser frágeis, e tornarem-se desidratadas.
As peles secas são finas, de grão serrado, não brilham e são naturalmente bonitas. Mas são também extremamente frágeis. O seu filme lipidico torna-as mais sensíveis às agressões externas, favorecendo assim o aparecimento de rídulas, vermelhidões e escamações.
Todas as peles podem tornar-se desidratadas apresentando rídulas finas, falta de luminosidade e aspecto áspero. Uma pele desidratada apresenta falta de água e é uma situação que se pode considerar temporária. Uma pele seca apresenta falta de lipidos e é considerada situação permanente.
As peles fragilizadas surgem como resultantes de acções ambientais agressoras como a poluição, stresse, fumo do tabaco, frio, vento, sol. A pele pode ser normal, mista ou oleosa e estar sujeita a todos esses factores agressivos, o que provocará irritação, desconforto e mal estar na pele.
As peles com sinais de envelhecimento, podem não apresentar outro problema em particular, mas sabemos que todas as peles com o tempo perdem juventude e resistência. A luminosidade vai-se reduzindo aparecendo desta forma os primeiros sinais de envelhecimento.
As rugas e a pele flácida surgem em resultado da diminuição da renovação celular assim como a produção e a qualidade das fibras de colagénio e elastina. Ao perder elasticidade e firmeza à superfície da pele, surgem as rídulas e as rugas. São os fibroblastos as células responsáveis pela síntese das fibras de elastina e colagenio que garantem uma pele com menos rugas, mais firme e com um aspecto mais jovem.
As peles desvitalizadas apresentam menos suavidade, luminosidade e vitalidade, resultantes do passar dos tempos, tornando-se secas e mais frágeis. A sensação do ‘’repuxar’’ e maior sensibilidade às agressões ambientais já não conseguem ser facilmente resolvidas necessitando de um reforço de nutrientes, particularmente ácidos gordos essenciais que devolvem à pele elasticidade, conforto e luminosidade.
Os cuidados diários, adequados ao nosso tipo específico de pele, bem como a detecção atempada de qualquer outro problema e o uso de complementos/ tratamentos, também eles adequados ao problema detectado permitir-nos-á
manter uma pele bonita e luminosa durante muito mais tempo. Vale a pena, pois, apostar em boas linhas de tratamento - os resultados serão recompensadores e o dinheiro despendido será dado como muito bem gasto. Ficará com a pele do seu rosto linda.

DICAS ESPECIAIS:
Não tome banho muito quente: A gente sabe que a vontade de ficar sob a água quentinha do chuveiro é grande, mas a água muito quente remove uma camada natural de proteção que nós temos na pele. O ideal é o banho morno, com temperatura de 29°C a 37°C.
Tire a maquiagem: Sua pele precisa respirar, tirar corretamente com o produto de sua preferência ajuda a prevenir cravinhos e espinhas.
Menos lápis de olho: Você sabia que passar lápis de olho diariamente pode fazer com que aquela região próxima ao olho fiquei flácida? Pois é, considerando nossa pele do rosto, principalmente dessa região, é super sensível, esfregar e e esticar diariamente, fazendo o mesmo movimento, pode fazer com que ao passar dos anos, aparecem aquelas rugas indesejáveis. Por isso, deixe o lápis de olho para ocasiões especiais, e aposte sem medo no delineador.
Alimentação: Procure colocar na sua dieta frutas e vegetais que possuem minerais e vitaminas importantes para a pele, como as vitaminas A, D, E. É importante evitar o excesso de doces e açúcar branco, a glicemia alta no sangue estimula a produção de testosterona e com isso mais oleosidade e mais espinhas.
Sono: Já foi provado cientificamente, não é mito: falta de sono prejudica a beleza da pele. Procure sempre que possível dormir em horários regulares por pelo menos 8 horas.

Vou Adorar receber seu comentário.
3 Comentários

3 comentários:

Pâm disse...

Ei flor, vim aki agradecer a visitinha lá no blog e principalmente por seguí-lo e eu é claro já estou SUPER seguindo aki tbm ^^

Bjinhos linda ;*

Pâm
http://chiqueatodaprova.blogspot.com

Betty Gaeta disse...

Oi Lyninha,
Adorei as dicas, principalmente as dicas especiais do final.
Obrigada pela visitnha ao meu blog. Adorei o seu e já estou seguindo vc.
Beijos 1000 e um restinho de semana maravilhoso para vc.

www.gosto-disto.com

Penteadeira disse...

Olá! Tudo bem com você ? Espero que siim!

Acabei de criar um blog de beleza para mim se puder dá uma passadinha por láa, ficarei muito feliz com sua visita !

Se gostar não se esqueça de seguir !

http://penteadeiramakeup.blogspot.com/

Total de visualizações de página